• Luciana Mallet

Nichar o mercado de atuação do escritório é uma boa?


(Crédito: Toa Heftiba / Unsplash)

Todo mundo que pesquisou sobre marketing nos últimos tempos foi bombardeado pela informação de que é preciso ter um nicho de mercado definido, assim como a persona do negócio, ou definir o cliente ideal a ser captado.


Trabalhar num determinado nicho fortalece seu posicionamento de especialista e autoridade e torna o trabalho de captação mais fácil. Porém, desde que o nicho faça sentido de fato, para você, pessoa que vai se aprofundar num universo cheio de particularidades.


Como arquiteta e especialista em marketing, consigo entender os dois lados desse dilema. Nichar é se comunicar diretamente com a persona. Ao mesmo tempo, meu lado arquiteta se frustra ao pensar em trabalhar numa área com um único tipo de projeto. A vida dinâmica, os desafios e aprendizados combinam com o pensar a arquitetura com mais criatividade, a propor novas soluções e a aprender mais.


Ao mesmo tempo, dominar um assunto faz com que o profissional desempenhe o trabalho com maestria. Algumas pessoas facilmente encontram a área que faz o olho brilhar. Talento natural, interesse genuíno e até alguma experiência. Se há essa identificação, o nicho pode, sim, fazer sentido.


Mas como tudo, depende. Vejo pessoas muito jovens, com pouca experiência em uma área se sentindo pressionada a escolher uma especialidade. Como escolher se nem tudo foi experimentado? Arquitetura é um mercado muito amplo. Tem escala pequena, média e grande. Tem a cidade, tem o urbanismo e tem o morar. Sem vivência, como entender em qual nicho se posicionar?


Logo, se você não tem clareza sobre qual o seu nicho, é hora de experienciar o máximo de áreas possíveis. Viva, estude, entreviste pessoas, se voluntarie num projeto. Experimente a arquitetura até que fique claro o que faz seu coração bater mais forte. Aí sim, vale a pena nichar.


Sobre a arquiteta e consultora Luciana Mallet


Formada em arquitetura e urbanismo, Luciana Mallet sempre se mostrou dedicada à produtividade, pessoas e estratégia e, após trabalhar na área, decidiu repensar o mercado em que iria atuar dentro da arquitetura. Com a realização de um MBA em Gestão, Empreendedorismo e Marketing pela PUCRS, Luciana pode utilizar seu conhecimento e experiência como arquiteta para apoiar e desenvolver outros profissionais da área com consultoria e com a mentoria do planejamento estratégico para pessoas e organizações. Atualmente, atende cerca de 70 clientes por ano, de todo Brasil, que buscam um bom início de carreira e consolidação no mercado.



Para saber mais sobre o trabalho:

www.lucianamallet.com

coaching@lucianamallet.com

Instagram: @lumallet.para.arquitetos

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo